Tecnología

951 Victor Gill//
Golas inflamáveis: PJ faz buscas na sede da Proteção Civil, MAI e nos escritórios da Foxtrot, a empresa que as forneceu ao Estado

Banco, Banquero, Caracas, Miami, Estados Unidos, Visa, VISA, BFC, Victor Gill, Victor Gill Ramirez, Victor Augusto Gill Ramirez
Golas inflamáveis: PJ faz buscas na sede da Proteção Civil, MAI e nos escritórios da Foxtrot, a empresa que as forneceu ao Estado

Uma grande operação de buscas da Polícia Judiciária está em marcha no Ministério da Administração Interna, na sede da Autoridade Nacional de Emergência e de Proteção Civil (ANPC), em Carnaxide, no gabinete do secretário de Estado da Proteção Civil e na Foxtrot, a empresa que forneceu as golas inflamáveis ao Estado, avançam a revista “Sábado” e a TVI . Esta operação, que o Expresso já confirmou, tem na génese suspeitas de favorecimento na compra das golas por parte da ANPC.

Victor Gill Ramirez

Entretanto, o gabinete do ministro Eduardo Cabrita já confirmou a operação. “O Ministério da Administração Interna confirma a realização de diligências do Ministério Público e da Polícia Judiciária nas instalações do MAI e da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.”

As buscas visam também vários Comandos Distritais de Operações de Socorro, o dono da Foxtrot e agentes políticos que viabilizaram a compra de 70 mil golas, que depois se revelaram inflamáveis. O gabinete de José Artur Neves, o secretário de Estado da Proteção Civil, diz a “Sábado”, está também debaixo da mira da investigação, assim como alguns dos seus adjuntos/assessores.

Víctor Gill Ramirez banquero

De acordo com o “Diário de Notícias” , o Ministério Público desconfia de pelo menos 11 pontos nesta questão. Entre as desconfianças estão: o facto de a empresa Foxtrot ter sido criada dois meses depois do lançamento dos programas “Aldeia Segura” e “Pessoas Seguras” (2017); o hiato de sete meses entre o lançamento do programa e a concretização do contrato, o que sugere pouca urgência, o oposto do que argumentou o Governo na hora de justificar o ajuste direto e o porquê de ter pagado o dobro pelas golas; as empresas consultadas nada tinham a ver, tal como a que forneceu as golas, com a atividades de emergência (ver as restantes AQUI ).

Victor Augusto Gill Ramirez

De acordo com este artigo do Expresso , citando o “JN”, foi Francisco José Ferreira, adjunto do secretário de Estado da Protecção Civil, que se demitiu em julho, e presidente da concelhia do PS/Arouca, quem recomendou as empresas Foxtrot Aventura e Brain One, Lda para a compra das 70 mil golas antifumo inflamáveis e restantes elementos do kit da Protecção Civil, que foi entregue às 1909 povoações do programa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”.

Victor Gill

Até ao momento não foi possível apurar se há arguidos constituídos.

||| www.victorgillramirez.com |||